A CoinGeek.com financia o projeto Terab junto com a Lokad e com a nChain, abrindo o caminho para blocos de 1 terabyte e 7 milhões de transações por segundo para a Bitcoin Cash (BCH)

A CoinGeek.com financia o projeto Terab junto com a Lokad e com a nChain, abrindo o caminho para blocos de 1 terabyte e 7 milhões de transações por segundo para a Bitcoin Cash (BCH)

PR Newswire

LONDRES, 15 de janeiro de 2018

LONDRES, 15 de janeiro de 2018 /PRNewswire/ -- A CoinGeek.com anunciou o financiamento de até 3,6 milhões de Euros para apoiar o projeto Terab, uma iniciativa de fonte aberta que resolverá uma das principais questões técnicas para permitir que a cadeia da Bitcoin Cash cresça enormemente para blocos com tamanho de terabyte (um milhão de megabytes) e 7 milhões de transações por segundo. O projeto Terab será gerenciado pela Lokad, a provedora francesa de tecnologia de cadeia de suprimentos quantitativa e receberá suporte técnico da nChain, a especialista em pesquisa e desenvolvimento de cadeias de blocos.

Uma das principais críticas da Segwit Bitcoin é a aparente inabilidade de aumentar o nível de transações que as redes de pagamentos, tais como Visa e Mastercard, podem fornecer. Para que as criptomoedas sejam competitivas no espaço dos pagamentos globais, o aumento do alto volume de transações é vital, mas, como muitos sugeriram, não é impossível e a Bitcoin Cash segue firmemente por este caminho.

A tradicional Segwit Bitcoin prejudicou seu próprio progresso ao não permitir a suspensão da atual capacidade de tamanho de bloco (1MB) o qual permite somente 3 a 4 transações por segundo e por isso, condenou a moeda para a lata de lixo da história das criptomoedas. Porém, no último mês de outubro, a comunidade da BCH recebeu a notícia de que um bloco de 1 gigabyte (GB) foi minerado com sucesso e propagado através da Iniciativa Gigablock Testnet, uma colaboração entre a Bitcoin Unlimited e a nChain.

Prevendo um futuro ainda maior, o fundador da Lokad, Joannes Vermorel defendeu recentemente que os blocos de tamanho terabytes são viáveis – mas somente para a cadeia BCH. Um único bloco terabyte (adicionado a cada 10 minutos) pode conter cerca de 4 bilhões de transações de Bitcoins e fornecer capacidade para até 7 milhões de transações por segundo. A escala de uma rede com blocos de 1 TB seria imensa e permitiria que a BCH movimentasse não apenas transações monetárias, mas também transações de dados de vários tipos entre máquinas.

Com tal rede BCH de grande escala, uma questão técnica que deve ser resolvida é como otimizar a base de dados dos resultados de transações não utilizados (UTXO - unspent transaction output) mantida pelos nós para prevenir gastos duplicados das Bitcoins. A avaliação da quantidade correta de Bitcoins associada com cada resultado é um passo essencial na validação de um novo bloco. Com o volume de transações possíveis com os blocos de 1 TB, a base de dados UTXO também cresceria imensamente. 

A Lokad agora tem o financiamento para o projeto Terab, uma iniciativa de fonte aberta para desenvolver soluções para otimizar o desempenho da base de dados UTXO e se preparar para uma futura rede BCH com blocos de 1 TB. O objetivo do projeto Terab é fornecer uma interface de programação de aplicativos (API) padronizada de microsserviços e implementações de software distribuído de nó único e nós múltiplos de alto desempenho as quais, progressivamente, sejam capazes de suportar a produtividade necessária para blocos de 1 GB e depois de 10 GB. Estas abrirão o caminho para implementações similares que poderão, finalmente, suportar blocos do tamanho TB. A Lokad irá contratar e gerenciar uma equipe para o projeto para desenvolver o software Terab. O software Terab estará disponível para uso sob uma licença de fonte aberta, mas somente para uso na cadeia BCH.

Calvin Ayre, cidadão de Antígua e proprietário da CoinGeek.com, comprometeu cerca de 3,6 milhões de Euros em financiamento para a Lokad para o projeto Terab, com o objetivo de tornar realidade a grande escalabilidade da BCH.

Juntamente com o investimento financeiro da CoinGeek, a nChain fornecerá consultoria técnica, suporte dos membros de sua equipe de pesquisa e desenvolvimento e licenças de propriedade intelectual relevantes para uso no projeto Terab. Craig Wright, Cientista-Chefe da nChain, trabalhará de perto com a Lokad nessa iniciativa.

O CEO da Lokad, Joannes Vermorel, comentou: "Ter este nível de apoio significa que podemos começar a construir escalabilidade progressiva para a BCH imediatamente, o que será transformador para a BCH como a única e genuína moeda de ponto a ponto".

O CEO do nChain Group, Jimmy Nguyen, acrescentou: "O Terab é exatamente o tipo de colaboração que a nChain apoia – projetos que ajudam a satisfazer a visão do relatório de Satoshi Nakamoto sobre um sistema de moeda eletrônica de ponto a ponto. A Bitcoin Cash é que melhor representa essa visão e estamos muito satisfeitos com a parceria com a Lokad para resolver uma necessidade importante para uma rede BCH de grande escalabilidade. O projeto Terab também é um exemplo de como a arquitetura de microsserviços é necessária para aplicativos de BCH para alcançar o nível de uso empresarial".

O proprietário da CoinGeek.com, Calvin Ayre, continuou: "A críticas às criptomoedas são muito úteis pois nos ajudam a perceber quais barreiras temos que ultrapassar para obtermos micro-transações com taxas baixas. Existem algumas outras, das quais estaremos tratando no tempo devido, porém fiquem certos de que iremos provar que a BCH é a única cadeia verdadeira".

Além do projeto Terab, a CoinGeek.com pretende apoiar mais iniciativas as quais permitirão o crescimento global e a adoção global da Bitcoin Cash. Se você é um desenvolvedor ou um empreendimento de tecnologia que necessita de financiamento para desenvolver projetos ou aplicativos para a cadeia da Bitcoin Cash, apresente sua ideia no endereço  http://coingeek.com/contact.

 

FONTE CoinGeek.com

Voltar noticias em Português no Mundo