Declaração oficial da OneCoin sobre publicações a respeito do grupo criminoso revelado referente à criptomoeda OneCoin

Declaração oficial da OneCoin sobre publicações a respeito do grupo criminoso revelado referente à criptomoeda OneCoin

PR Newswire

SÓFIA, Bulgária, 23 de janeiro de 2018

SÓFIA, Bulgária, 23 de janeiro de 2018 /PRNewswire/ - A empresa OneCoin gostaria de declarar oficialmente que os inúmeros anúncios de mídia recentes sobre um grupo criminoso revelado, envolvido em lavagem de dinheiro, usando a criptomoeda OneCoin, são falsos e estão enganando o público.

A OneCoin acredita que todas as alegações de mídia mencionadas são resultado de uma campanha bem organizada e proposital, com o objetivo de denegrir a nossa reputação corporativa e arruinar os nossos negócios.

Esclarecemos ao público que a empresa nunca esteve envolvida em atividades criminais ou ilegais em nenhum país ou território onde opera, inclusive na República da Bulgária. A empresa e seus parceiros sempre declararam abertamente sua disposição de cooperar com os órgãos reguladores, as organizações governamentais e a mídia, além de fornecer informações úteis para esclarecer qualquer mal-entendido ou suspeita relativa às suas atividades comerciais. Portanto, ficamos extremamente surpresos com o fato de nunca termos sido abordados para prestar esclarecimentos, inclusive por qualquer meio de comunicação de todo o mundo, conforme seria esperado pela mídia que se esforça pelo profissionalismo, pela justiça e objetividade jornalísticos. Um ponto com o qual todos podemos concordar é que a mídia é fundamental e deve ser a base das democracias saudáveis.

O fato de que durante os últimos dias vimos testemunhando exatamente o contrário é bastante perturbador. Somos levados a acreditar que se trata de um ataque deliberado contra a empresa OneCoin, seus parceiros e a criptomoeda OneCoin, bem como contra a sua fundadora, a Dra. Ruja Ignatova. O que atualmente observamos é uma tempestade de mídia calculada, com o objetivo de denegrir a reputação da empresa e de sua fundadora, com o objetivo de esconder características importantes da criptomoeda OneCoin, de modo que seja apresentada de forma completamente diferente do que deveria ser.

Para eliminar todas as dúvidas sobre a falta de transparência da OneCoin, gostaríamos de salientar que se trata de uma criptomoeda centralizada, proporcionando, portanto, mais liquidez e menos volatilidade, com visão e estratégia de longo prazo para o desenvolvimento estável, ao contrário de outras criptomoedas que abrem e permitem possíveis especulações de traders. É fato bem conhecido que as criptomoedas são, geralmente, desacreditadas, principalmente devido ao anonimato das transações e à falta de identificação do usuário, o que permite que criminosos usem as criptomoedas para atividades ilegais. Até onde temos conhecimento, essas atividades não são possíveis com a OneCoin, uma criptomoeda que se esforçou para implementar procedimentos de conformidade, com o objetivo de identificar cada usuário (KYC - do inglês, conheça o seu cliente) e cada empresa (KYB: conheça a sua empresa), para evitar lavagem de dinheiro (AML: antilavagem de dinheiro), etc. Todos esses procedimentos visam impedir o uso da OneCoin para atividades suspeitas. Além disso, também é importante observar que o modelo centralizado fornece o nível mais alto de prevenção de possíveis perdas, devido ao mau funcionamento do hardware do usuário, a roubos ou, por exemplo, devido à capacidade de backups de dados em andamento. Esses fatos nunca foram apresentados pela mídia, e a criptomoeda OneCoin também não foi apresentada objetivamente.

Atualmente, devido à investigação em curso, a empresa OneCoin e seus parceiros estão enfrentando perdas financeiras incomensuráveis. Dos escritórios dos nossos parceiros foi confiscado, entre outras coisas, o equipamento técnico necessário para as operações diárias, e sua perda não apenas levará a prejuízos financeiros, como poderá muito bem levar à falência. Esse fato também é intrigante e nos faz acreditar que não se trata de mera coincidência.

É importante esclarecer que, com base nas avaliações recebidas dos nossos advogados, ainda há uma investigação em curso que, em todos os países democráticos, significa uma coisa: não há nenhuma conclusão das autoridades judiciais com base em evidências e indicando objetivamente o fundamento de tais acusações contra uma empresa ou uma pessoa física. Durante a busca feita em nossos escritórios e nos das empresas de parceiros, na quarta-feira, 17 de janeiro de 2018, os funcionários perguntaram sobre as acusações, o motivo da busca e das entrevistas feitas pelas autoridades. Até agora, essas informações não foram fornecidas.

Finalmente, gostaríamos de declarar que a cobertura da investigação em curso pela mídia, realizada sob circunstâncias duvidosas, sem nenhuma conclusão por parte das autoridades competentes, está fornecendo informações errôneas ao público quanto aos fatos e provas recolhidas e questionando ainda mais a objetividade das informações circuladas na imprensa búlgara, que poderia ser definida como relações públicas negativas, com objetivos duvidosos.

Para proteger os direitos dos funcionários, clientes e parceiros, a empresa OneCoin e seus parceiros informarão os representantes dos meios de comunicação e o público sobre o desenrolar do caso.

Contato oficial:
Departamento de imprensa da One Network Services Ltd.
pressoffice.onenetwork@gmail.com

FONTE OneCoin

Voltar noticias em Português no Mundo